E-mail Senha  
Página Principal
A Maçonaria
Nossa Loja
Paramaçônicas
Notícias
Galeria de Fotos
Fale Conosco
Documento sem título

 

A Maçonaria é uma instituição essencialmente filosófica, filantrópica, educativa e progressista.

É Filosófica porque em seus atos e cerimônias ela trata da essência, propriedades e efeitos das causas naturais. Investiga as leis da natureza e relaciona as primeiras bases da moral e da ética pura.

É Filantrópica porque não está constituída para obter lucro pessoal de nenhuma classe. Pelo contrário, suas arrecadações e seus recursos se destinam ao bem estar do gênero humano, sem distinção de nacionalidade, sexo, religião ou raça.

Educativa porque procura conseguir a felicidade dos homens por meio da elevação espiritual e pela tranqüilidade da consciência.

É Progressista porque partindo do princípio da imortalidade e da crença em um princípio criador regular e infinito, não se aferra a dogmas, e superstições. E não põe nenhum obstáculo ao esforço dos seres humanos na busca da verdade , nem reconhece outro limite nessa busca senão na ciência.

Quais são seus princípios?
A liberdade dos indivíduos e dos grupos humanos, a igualdade de direitos e obrigações sem distinção de religião, raça ou nacionalidade; a fraternidade entre os homens e conseqüentemente entre povos e nações.

Quais são seus objetivos?
Seus objetivos são: a investigação da verdade, o exame da moral e a prática das virtudes.

O que entende a Maçonaria por Moral?
Moral é para a maçonaria uma ciência com base no entendimento humano. É a lei natural e universal que rege todos os seres racionais e livres. É a demonstração científica da consciência. Essa maravilhosa ciência nos ensina nossos deveres e a razão do uso dos nossos direitos.

Ao penetrar a moral no mais profundo da nossa alma sentimos o triunfo da verdade e da justiça.

O que entende a maçonaria por virtude?
A maçonaria entende que virtude é a força de fazer o bem em seu amplo sentido, é o cumprimento de nossos deveres para com a sociedade e para com a nossa família sem interesse pessoal. Em resumo, a virtude não retrocede nem diante o sacrifício e nem mesmo diante a morte, quando se trata do cumprimento do dever.

O que entende a maçonaria por dever?
A maçonaria entende por dever o respeito e os direitos dos indivíduos e da sociedade. Porém não basta respeitar a propriedade apenas, mas também devemos proteger e servir o nosso semelhante. A maçonaria resume o dever do homem assim; respeito a Deus, amor ao próximo e dedicação à família. em verdade, essa é a maior sínteses da fraternidade universal.

A maçonaria é uma Religião?
Não. A maçonaria não é uma religião. É uma sociedade que tem por objetivo unir os homens entre si. União recíproca, no sentido mais amplo e elevado do termo. E nesse seu esforço, admitindo em seu seio pessoas de todos os credos religiosos, sem nenhuma distinção, ponto de união entre os mesmos.

A maçonaria é Religiosa?

Sim, é religiosa, porque reconhece a existência de um único princípio criador, regulador, absoluto, supremo e infinito ao qual se dá o nome de Grande Arquiteto do Universo, porque é uma entidade humanista espiritualista em contraposição ao predomínio do materialismo. Estes fatores que são essenciais e indispensáveis para a interpretação verdadeiramente religiosa e lógica do Universo, formam a base de sustentação e as grandes diretrizes de toda ideologia e atividade maçônica.

Para ser maçom é necessário renunciar à Religião a que pertence?
Não, porque a maçonaria abriga em seu seio homens de qualquer religião, desde que acreditem em um Criador, o Grande Arquiteto do Universo, que é Deus. Geralmente existe essa crença, porém os católicos mais ilustres tem pertencido à Ordem Maçônica; entre outros, o Cura Hidalgo, Paladino da Liberdade Mexicana, o Padre Calvo, o fundador da Maçonaria na América Central, o Arcebispo da Venezuela, Don Ramon Ignácio Mendez, Padre Diogo Antônio Feijó, Cônego Luiz Vieira, José da Silva de Oliveira Rolin da Inconfidência Mineira, Frei Miguelino, Frei caneca e muitos outros.

O que a maçonaria combate?
Os erros, os preconceitos, a ignorância, a superstição, o fanatismo, o orgulho, a intemperança, o vício, a discórdia, a dominação e os privilégios.

A Maçonaria é uma sociedade secreta?
Não, pela simples razão de que sua existência é amplamente conhecida. As autoridades de vários países lhe concedem personalidades jurídica. Seus fins são amplamente difundidos em dicionários, enciclopédias, livros, histórias, etc. O único segredo que existe e não se conhece senão por meio do ingresso na instituição, são os meios para se identificar os Maçons entre si, em qualquer parte do mundo e do modo de interpretar seus símbolos e os ensinamentos neles contidos.

Quais as condições individuais indispensáveis para poder pertencer à maçonaria?
Crer na existência de um princípio Criador, ser homem livre e de bons costumes, ser consciente de seus deveres para com a Pátria, seus semelhantes e consigo mesmo, ter uma profissão ou ofício lícito e honrado que lhe permita prover as suas necessidades pessoais e de sua família e a sustentação das obras da Instituição.

O que se exige dos maçons?
Em princípio, tudo aquilo que se exige ao ingresso em qualquer outra instituição, respeito aos seus estatutos, regulamentos e acatamento às resoluções da maioria, tomadas de acordo com os princípios que as regem. Amor à Pátria, respeito aos governos legalmente constituídos, acatamento às leis do País em que vive, etc. E em particular, a guarda do sigilo dos rituais maçônicos, conduta correta e digna dentro fora da maçonaria; a dedicação de parte do seu tempo para assistir às reuniões maçônicas, a prática da moral, da igualdade e da solidariedade humana e da justiça em toda a sua plenitude. Ademais, se proíbe terminantemente dentro da instituição, as discussões políticas e religiosas, porque se prefere uma ampla base de entendimento entre os homens a fim de evitar que sejam divididos por pequenas questões da vida civil.

O que se obtém sendo maçom?
A possibilidade de aperfeiçoar-se, de instruir-se, de disciplinar-se, de conviver com pessoas que, por suas palavras, por suas obras, podem constituir-se em exemplos, encontrar afetos fraternais em qualquer lugar em que se esteja dentro ou fora do país. Finalmente, a enorme satisfação de haver contribuído mesmo em pequena parcela, para a obra moral e grandiosa levada a efeito pelos homens. A maçonaria considera possível o progresso senão na base de respeito à personalidade, à justiça social e a mais estreita solidariedade entre os homens. Ostenta o seu lema Liberdade, Igualdade e Fraternidade com a abstenção das bandeiras políticas e religiosas. O segredo maçônico não é um dogma e sim um procedimento, uma garantia, uma defesa necessária e legítima. O preceito das reservas maçônicas tem garantido sua continuidade nos tempos e em vários países. A maçonaria não tem preconceito de poderes e nem admite em seu seio pessoas que não tenham um mínimo de cultura que lhes permitam praticar os seus ensinamentos.

 

Todos Direitos Reservados a A.'.R.'.L.'.S.'. Sete de Dezembro
Or.'. Birigui - SP
http://www.bbshop.com.br
http://www.imperius.com.br
http://www.duckmeias.com.br
http://www.excelent.com.br
mailto:seven.7@terra.com.br
http://www.tecaut.com.br
mailto:streetcal@gmail.com
mailto:kamarembalagens@superig.com.br
http://www.laboratoriosabinbirigui.com.br